COMEFEC: presidente Queiroz sofrerá processo de Impeachment

Screenshot-2016-01-25-at-15.29.24

Embora o prefeito do município de Monção, e presidente do Consórcio dos Municípios da Estrada de Ferro Carajás (COMEFEC), João de Fátima, o Queiroz, tenha conseguido junto à Justiça suspender a assembleia extraordinária, que seria realizada na manhã desta segunda-feira (25) para o expulsar do cargo, a gestor ainda terá que enfrentar algumas etapas mas não escapará de um ‘impeachment’.

O consórcio é formado por 21 prefeitos e prefeitas dos municípios que sofrem influência da Estrada de Ferro Carajás no Maranhão porém, apenas dois deles estão do lado de Queiroz. A grande maioria dos gestores municipais é contra o presidente que não deveria estar estabelecendo uma relação suspeita no que diz respeitos aos recursos da mineradora Vale.

A assembleia adiada de hoje trataria, além da DESTITUIÇÃO do presidente Queiroz do cargo, da alteração do Estatuto, criação do Conselho Deliberativo e as novas eleições. Mas, mesmo com a liminar o favorecendo, o prefeito de Monção não vai escapar e acabará finalmente sendo expulso do COMEFEC.

Créditos: Blog do Minard

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *