CONTRAMARÉ: Samara Volpony lança coletânea poética de estreia neste domingo em Arari

Samara Volpony

Engajada nos movimentos artísticos do seu tempo e do seu contexto sociocultural, Samara Volpony é desses talentos que se manifestam com leveza e versatilidade, ousadia e riqueza de criatividade, inovando a si mesma e à poesia de sua geração

Já conhecida por suas performances na dança contemporânea, é um dos nomes mais expressivos de sua geração nos quesitos produção artística e engajamento social, tanto na sua terra natal, Arari, como além dos extremos se sua pacata cidade do interior maranhense. A artista tem alcançado significativo reconhecimento literário, inclusive fora do Maranhão.

De poema em poema, aos poucos foi se originando sua primeira coletânea poética, que após longa relutância e retoques ao sabor do relativo perfeccionismo da autora, chega aos leitores por meio da Editora Patuá (SP).

O livro – Antes de chegar ao leitor, a obra passou pelas mãos de muita gente boa de diversas áreas da arte, que com ela acabou colaborando de alguma forma. Pode-se dizer que a coletânea acabou por ser fruto do trabalho de muitos artistas que se debruçaram sobre poesia de Volpony e com ela contribuíram cada um com seu talento.

Com prefácio do poeta e letrista Fernando Abreu; orelhas, do professor e poeta Carvalho Jr. e do poeta e letrista José Salgado Maranhão; quarta capa, da professora Maria Mary Ferreira; e editoria de Eduardo Lacerda; ilustração, projeto gráfico e diagramação de Leonardo Mathias; assistência editorial de Ricardo Escudeiro e foto de Marcos Fernandes (MA Studio), o livro de estreia da neófita da literatura da Terra da Melancia e da Pororoca chega ao público na noite deste domingo (30), em Arari.

Contramaré, poema que dá nome ao livro, foi recentemente musicado pelo cantor maranhense Gildomar Marinho, que a incluiu em seu álbum Porta Sentidos, a ser brevemente lançado. O título remete também à luta dos artistas em geral e dos escritores em produzir em um país de pouco incentivo à leitura; em “remar contramaré” em um contexto de pouca valorização da cultura.

Título: Contramaré
Gênero:  Poesia
Formato: 16×16
Páginas: 80

Share Button

Uma ideia sobre “CONTRAMARÉ: Samara Volpony lança coletânea poética de estreia neste domingo em Arari

  1. A Samara Volpony é uma artista que merece todo meu carinho e admiração.
    É um orgulho para mim em poder participar desse alçar de vôo, que irá além das fronteiras da arte de poetisar!
    Sucesso e vamos lá…contramaré!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *