Márcio Jardim deixa sua mensagem de otimismo para 2018.

 

Share Button

Bandeira tarifária será verde em janeiro, sem custo extra para consumidor

Segundo a Aneel, mudança se deve às condições mais favoráveis de geração de energia por hidrelétricas, devido à volta das chuvas. Em dezembro, cobrança extra foi de R$ 3 a cada 100 kWh.

 

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) informou nesta sexta-feira (29) que a bandeira tarifária será verde no mês de janeiro, o que significa que não haverá cobrança extra nas contas de luz.

“O acionamento dessa cor indica condições favoráveis de geração hidrelétrica no Sistema Interligado Nacional. Mesmo com a bandeira verde é importante manter as ações relacionadas ao uso consciente e combate ao desperdício de energia elétrica”, informou a Aneel em nota.

Nos últimos meses de 2017, devido ao baixo nível dos reservatórios das principais hidrelétricas do país e à falta de chuvas, a bandeira tarifária aplicou taxa adicional nas contas de luz. Isso ocorre para arrecadar recursos necessários para cubrir custos extras com a produção de energia mais cara, gerada por termelétricas.

Em dezembro, vigorou a bandeira tarifária vermelha em patamar 1, o que representa cobrança extra nas contas de luz de R$ 3 a cada 100 kWh (quilowatts-hora) consumidos. Em novembro, a bandeira ficou na cor vermelha patamar 2, a mais alta da escala criada pela agência para sinalizar o custo real da energia gerada. Na ocasião, a cobrança adicional para cada 100 kWh consumidos foi de R$ 5.

A mudança da baneira para verde agora significa, portanto, que as chuvas das últimas semanas ajudaram na recuperação dos reservatórios das hidrelétricas e que há expectativa de que essa melhora continue nos próximos meses.

Infográfico mostra os valores da taxa cobrada em cada bandeira tarifária (Foto: Arte/G1)

Infográfico mostra os valores da taxa cobrada em cada bandeira tarifária (Foto: Arte/G1)

 As informações são do G1
Share Button

Polo Universitário de Arari abre seletivo para cursos de graduação a distância.

Pró-Reitoria de Ensino – PROEN, Publicou o edital 240/2017-PROEN – PROCESSO SELETIVO ESPECIAL PARA INGRESSO NOS CURSOS DE GRADUAÇÃO DA  UFMA, NA MODALIDADE A DISTÂNCIA, são 838 novas vagas para cursos de graduação na modalidade a distância, para o primeiro semestre de 2018.

Os cursos são: Licenciatura na área de Artes Visuais, Licenciatura Computação, Licenciatura em Física, Licenciatura em Letras/Português, Licenciatura em Matemática e Licenciatura em Química, distribuídos em 6 (seis) polos de apoio presencial da Universidade Aberta do Brasil- UAB – Arari, Codó, Dom Pedro, Porto Franco, São Luís e Viana.

O Edital foi publicado no site de concursos da UFMA e no dia 2 de janeiro iniciam as inscrições. CLIQUE AQUI!

Para ter acesso ao edital CLIQUE AQUI!

Fonte: EAD UFMA

Share Button