Arari ,órfão de uma cultura viva e presente no seio do arariense

O município de Arari localizado no portal da baixada maranhense, cortada pelo majestoso rio Mearim, é conhecido no âmbito maranhense como celeiro cultural. Uma cidade de um povo acolhedor que respira a cultura, mas ao longo dos tempos isso vem  se acabando aos poucos. Uma cidade cultural de grandes poetas e escritores que costumeiramente é lançado livros neste pequeno munícipe. Conhecida nacionalmente  pela pororoca,  um fenômeno que acontece no Maranhão especificamente em Arari, na comunidade de Curral da Igreja. Arari de suas festas tradicionais que já não existem mais, do festival da melancia que a cada ano vem encolhendo aos poucos.

Arari, órfão do teatro aberto. Quantas vezes a sexta- feira santa era o teatro  a céu aberto na Avenida Dr. João da Silva Lima, encenada pelo saudoso teatrólogo, Bill  de Jesus. Arari conseguia atrair cidades vizinhas para ver este grande espetáculo que um dia foi apresentado em nossa cidade. Hoje, só  no resta saudades dos bons tempos.

Assim também como a companhia Terra Viva, dos irmãos Jean Pestana e Leliz Pestana, que tentam manter este teatro aberto em Arari, mas este ano ficamos órfãos deste teatro. Nossa cultura a cada ano que passa vem perdendo seu espaço na gleba, dito por muitos como o celeiro cultural maranhense.

A sexta feira da paixão de Cristo, ao longo dos anos era  um teatro aberto, respeitando a Igreja. E  o que oferecemos hoje aos visitantes? E nossas companhias porque não deram seguimentos a este grande espetáculo que o arariense gostava de ver  e que não se importava de estar  ali  espremido para apreciar cada cena? E o poder público o que fez e o que não fez para que chegassem a este estado zero com o tetro céu aberto? É preciso que busquem  alternativas para que a nossa história não caia no esquecimento e que cheguem às  gerações vindouras.

Arari ,órfão de uma cultura viva e presente no seio do arariense.

Share Button

Liquigás divulga edital para concurso público com vagas para o Maranhão.

Foto: Reprodução

Liquigás Distribuidora S.A, subsidiária da Petrobras, lança novo processo seletivo público com oferta de 99 vagas imediatas e 695 para formação de cadastro reserva, o que totaliza 794 oportunidades. As remunerações variam de R$ 1.733,36 a R$ 4.894,08.

Confira aqui o Edital

Cargos

Quem tem nível fundamental pode concorrer ao cargo de conferente I. Para quem tem nível médio de formação, os postos oferecidos são: ajudante de motorista granel I, operador de gás I, motorista de caminhão granel I, assistente administrativo I, oficial de manutenção I (elétrica, eletrônica e mecânica), técnico de instalações I, técnico de segurança do trabalho I e técnico químico I. Já quem tem nível superior pode disputar os postos de profissional de vendas jr e profissional jr (administração, auditoria e ciências contábeis).

Provas e Resultado

O concurso contará apenas com provas objetivas em 27 de maio. O resultado final deverá ser divulgado em 5 de julho.

Os aprovados serão lotados no Distrito Federal, São Paulo, Rio de Janeiro, Goiás, Minas Gerais, Bahia, Ceará, Paraná, Espírito Santo, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Pará, Pernambuco, Piauí, Rio Grande do Norte, Maranhão, Sergipe e Paraíba.

Inscrições

As inscrições já estão abertas e podem ser feitas até 17 de abril, pelo site da Fundação Cesgranrio. As taxas de inscrição custa R$ 37 para os cargos de nível fundamental, R$ 47 para os cargos de nível médio e R$ 67 para os de nível superior. Já os pedidos de isenção da taxa podem ser feitos até 4 de abril.

A partir de 23 de maio, a banca do concurso vai disponibilizar as informações individuais para os candidatos inscritos, como os horários e locais de aplicação das provas.

O concurso reserva 5% das vagas a pessoas com deficiência e 20% a pretos ou pardos.

Além da remuneração mensal, os aprovados ainda receberão vale-gás, vale-refeição (ou refeitório local), vale alimentação, assistência médica, vale transporte, convênio farmácia, convênio odontológico, auxílio a filho excepcional, auxílio funeral, seguro de vida em grupo, auxílio creche, (somente para empregada ou excepcionalmente para o empregado, quando possuir a guarda definitiva), adicional por tempo de serviço e plano de previdência.

A Liquigás Distribuidora S.A. é uma sociedade anônima de capital fechado que atua no engarrafamento, distribuição e comercialização de Gás Liquefeito de Petróleo, também conhecido como GLP. Está presente em 23 estados brasileiros (exceto Amazonas, Acre e Roraima). Foi fundada em 1953 e adquirida pela Petrobras Distribuidora S.A. (BR) em agosto de 2004 e, em novembro de 2012, após uma reorganização societária, passou a ser subsidiária direta da Petrobras S.A.

Com Informações do Oimparcial.
Share Button

Prisões de amigos de Temer causa Perplexidade no Palácio do Planalto

Operação Skala da Polícia Federal que prendeu amigos próximos do presidente Michel Temer – o advogado José Yunes, ex-ministro Wagner Rossi e o coronel aposentado João Batista Lima – caiu com uma bomba no Palácio do Planalto.

Auxiliares mais próximos do Presidente Temer não escondem a perplexidade com as prisões. E já reconhecem que isso terá forte impacto nos planos do governo de criar uma agenda positiva para lançar a candidatura de Temer à reeleição.

“A Polícia Federal prendeu o círculo mais próximo de Temer. É uma tentativa de emparedar o presidente”, disse ao Blog um auxiliar próximo.

A operação pegou o Palácio do Planalto de surpresa na véspera do feriado da Páscoa. Mas de forma reservada, a avaliação é que as prisões têm efeito explosivo.

O grande temor no Planalto é que o avanço dessa investigação possa culminar com uma nova denúncia contra Temer, o que paralisaria em definitivo o governo.

Há o reconhecimento interno de que o presidente Michel Temer já está esvaziado e que, por isso, uma nova denúncia deixaria o governo completamente refém dos aliados.

O reflexo imediato será a paralisia da pauta econômica no Congresso Nacional. E a dificuldade para concluir a reforma ministerial.

“A lógica do governo era cobrar fidelidade dos partidos. Só manteria ministério a legenda que apoiasse o Temer. Agora, a lógica se inverteu. O que está em jogo é a sobrevivência do Temer”, disse ao Blog um aliado.

Com informações do blog do Gerson Camarotti

Share Button