Márcio Jardim lidera com folga disputa para o Senado em Arari

Quando somadas as duas opções de voto o petista tem a preferência de 55,1% dos eleitores

A pesquisa do Instituto DataM, registrada na Justiça Eleitoral com o Nº 05655/2018, divulgada nesta quinta-feira (15), que o BLOG DO JÚLIO DINIZ pública agora com exclusividade, aferiu a preferência do eleitorado da cidade Arari – MA para as eleições ao Senado e apontou a liderança do ex-secretário de Estado do Esporte e Lazer do governo Flavio Dino.

Realizada entre os dias 10 e 12/03 e registrada no dia 09/03, a pesquisa mostra Márcio Jardim na frente, como primeira opção para o Senado com 41,7% das intenções de voto. Em segundo aparece  o senador Edison Lobão (MDB) com 10,7%; em terceiro o deputado federal Sarney Filho (PV) com 10,2%; em quarto a deputada federal Eliziane Gama (PPS) com 5,3%; em quinto o deputado federal Waldir Maranhão (Avante) com 3,7%; em sexto o deputado federal Weverton Rocha (PDT) com 1,6% e em sétimo o deputado federal Zé Reinaldo (sem partido) que não pontuou; nenhum deles 16,9% e não sabe ou não respondeu com 10,2%.

Quando a pergunta foi sobre a segunda opção de voto, Márcio Jardim também lidera com 13,4%; depois aparecem Sarney Filho com 9,1%; Edison Lobão com 8,6%; Eliziane Gama com 5,9%; Waldir Maranhão com 3,7%; Zé Reinaldo com 2,7% e Weverton Rocha com 1,1%; nenhum deles 19,3% e não sabe ou não respondeu com 36,4%.

É importante  registrar que o eleitor votará em  dois candidatos para o Senado. Somando-se as duas opções de cada pesquisado Márcio Jardim  bate a expressiva marca  55,1% das preferências, índice até agora não alcançado por nenhum outro postulante ao senado em qualquer outro município do estado. Quando perguntado sobre a segunda opção de voto ao Senado aumenta-se o voto branco/nulo e nenhum deles. Isso significa uma consolidação do voto em Márcio Jardim e uma indefinição em relação à segunda opção de quem já havia, primeiramente, optado por ele.

A rejeição dos candidatos também foi aferida e Jardim se destaca como o menos rejeitado pela população de Arari. Apenas 3,2% disseram que não votariam no petista de jeito nenhum. O mais rejeitado é Edison Lobão com 25,7%; seguido por Sarney Filho com 16,6%; Waldir Maranhão com 15%; Zé Reinaldo com 7%; Eliziane Gama com 3,7%; Weverton Rocha com 3,7%; poderia votar em todos com 1,6% e não sabe ou não respondeu com 20,9%.

A pesquisa que ouviu 240 pessoas, na zona rural e na zona urbana de Arari, tem intervalo de confiança estimado em 95% e margem de erro máxima estimada em 3,5 pontos percentuais para mais ou para menos sobre os resultados encontrados no total da amostra.

O Blog publicará os resultados de intenção de votos para a eleição presidencial e a avaliação dos eleitores ararienses sobre o governo municipal do prefeito Djalma Melo.

Share Button

Uma ideia sobre “Márcio Jardim lidera com folga disputa para o Senado em Arari

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *