Flávio Dino avalia vaga majoritária nas eleições para o PT no Maranhão

Para tentar se limpar, o governador já avalia ceder uma vaga na chapa majoritária ao PT que seria a vice. Mas a presença da deputada federal Eliziane Gama na condição de pré-candidata a senadora continua causando muito resistência no partido de Lula.

Azedou a relação do PT nacional com o governador Flávio Dino (PCdoB) desde que o comunista surgiu do nada, numa entrevista à Folha de São Paulo, defendendo a candidatura de Ciro Gomes (PDT) a presidente da República em substituição a Lula.

A tese pró-Ciro deixou Flávio Dino mais queimado do pau de assar castanha junto à cúpula nacional petista onde ele até gozava de boa admiração.

Para tentar se limpar, o governador comunista já avalia ceder uma vaga na chapa majoritária ao PT nas eleições de 2018 que seria a vice. Mas a presença da deputada federal Eliziane Gama (PPS), na condição de pré-candidata a senadora, continua causando muito resistência no partido de Lula.

Na tarde desta terça-feira, 15, a presidenta nacional do PT, senadora Gleisi Hoffmam, vai reúne-se com dirigentes e parlamentares petistas maranhenses para decidir o rumo da tática eleitoral do partido no estado.

A tendência é de que o PT não apoie candidato algum oficialmente e lance apenas chapa de senadores, deputados federais e deputados estaduais.

 As informações são do Gazeta
Share Button

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *