Duas Bebês morrem carbonizada em Central do Maranhão

A Polícia Civil está procurado pelos pais das gêmeas Solara e Sofia, que tinham um ano de idade. Na noite desta sexta-feira (24) as bebês morreram carbonizadas após a casa onde moravam pegar fogo em Central do Maranhão, a 108 km de São Luís. No momento do incêndio, os pais não estavam em casa porque tinham deixado os bebês aos cuidados de duas crianças, de oito e seis anos.

De acordo com a polícia, a causa do fogo teria sido um curto-Circuito ocorrido em um ventilador da casa. Após o incêndio, outras duas crianças que estavam na casa inalaram muita fumaça, mas conseguiram fugir e não correm risco de morte.

“Os pais deixaram duas crianças gêmeas em um quarto. Outras duas crianças, que seriam irmãos dos bebês, estariam em outro quarto. A fiação da casa é precária, de gambiarra e inclusive, perto do ventilador estava o berço e o colchão das crianças. Por isso o fogo os alcançou mais rápido”, afirmou o delegado de Pinheiro, Oseias Cavalcanti.

Os pais foram identificados como João Batista Ferreira e Dayane Soares de Almeida e devem responder pelo crime de abandono de incapaz. Com informações do G1 MA

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *