Ministério Público e Prefeitura realizaram projeto Ler e Escrever em Arari

O Ministério Público do Maranhão em parceria com a prefeitura realizaram  em Arari o 2º ano do projeto Ler, Escrever e Pensar Conscientizar para Transformar, que teve como tema em 2018,” Ética, e vergonha cara de pau” que visa incentivar alunos do ensino fundamental a ler e escrever e fomentar suas críticas com relação a corrupção no país. O projeto do Ministério Público tem uma iniciativa da arariense Dra. Maria José Corrêa , promotora de Justiça da comarca de João Lisboa. O projeto já atua em diversas cidades do Maranhão, como também já foi premiado pelo Conselho Nacional de promotores do Brasil.

Na composição da mesa diretora dos trabalhos estiveram presentes a promotora idealizadora do projeto Dra. Maria José Corrêa, a promotora de Arari, Dra. Lícia Cavalcante Muniz, Dr. Raimundo Nonato Filho representando o procurador geral do Ministério Público, Prefeito Djalma Melo , presidente da Câmara municipal Evando Piancó, que por motivos não pode ficar até fim dos trabalhos, Marcelo Santana secretário de educação, a professora Elaine Fernandes representando os professores, o aluno Werbeth Coelho, do Cento de Ensino Dr. Milton Ericeira, secretários municipais e sociedade civil.

O blog ouviu autoridades sobre o evento realizado em Arari.

“Nossa alegria é muito grande de estarmos fazendo essa parceria muito exitosa com o Ministério Público do Maranhão, pois estamos trabalhando para deixar nossos estudantes preparados para o mercado de trabalho e para que eles possam desenvolver sua cidadania em plenitude. A  SEMED está trabalhando em prol de uma educação cada vez melhor e temos como parceiros a Estação conhecimento, UAB, UEMA, para obtermos resultados positivos dentro do sistema educacional arariense”. Disse o secretario de educação Marcelo Santana.

“Estamos vivendo um momento muito bom em nosso Arari. Depois da administração de Djalma Melo, Arari vive um novo momento. Temos um investimento na educação , na infraestrutura. Hoje vivemos em harmonia com os poderes legislativo e executivo e as igrejas com um único propósito de ajudar o município de Arari”. Frisou o presidente da câmara Evando Piancó.

A promotora de justiça de Arari Dra. Lícia Cavalcante Muniz, disse que é um momento de muita felicidade em  desenvolverem este projeto no município e que isso faz com que nossos alunos fiquem cada vez mais estimulados. Disse ainda que  visitou as escolas e pôde presenciar os trabalhos  e que gostou muito do que viu.

A idealizadora do Projeto Dra. Maria José Corrêa, arariense, promotora em João Lisboa, disse à reportagem que o  projeto tem como objetivo  estimular a classe estudantil a ler, para que possam desenvolver  um pensamento crítico de determinada situação e buscar sua livre escolha, porque o MP entende que, nenhuma transformação  de verdade  se faz se não  partir da base onde possa diminuir a corrupção no cotidiano das pessoas.

Estamos muito felizes com mais um projeto sendo realizado em nosso município. Estarmos aqui hoje, para fazermos a entrega da premiação aos nossos estudantes é motivo de orgulho para nós. Isso nos impulsiona a lutar por dias melhores para Arari. Mostra o compromisso que estamos tendo com a educação e ainda vamos trabalhar mais pela educação do nosso município. Disse o prefeito Djalma Melo.

Premiação

A escolha das redações que premia os estudantes do ensino fundamental das escolas municipais e estaduais foi escolhida pela Academia de Imperatriz, para mostrar total transparência com o trabalho do projeto do Ministério Público do Maranhão.

 

Escolas Municipais

1º Lugar : o aluno Victor Alexandre Batalha, da Escola  José Francisco

2º Lugar: Kayke Pereira, da Escola Raimunda Marques

3º Lugar: Samira Rodrigues  Sampaio, Anexo da Escola Padre Brandt.

 

Escolas Estaduais

1º lugar: Ivanilda Cruz Bogéa, Escola Centro de Ensino Cidade de Arari

2º lugar: Kaliny Lohany Maciel , estudante do Centro de Ensino Leão Santos.

3º lugar Marcos Vinicius  Sousa, estudante do Centro de Ensino Arimatéa Cisne.

Com essa parceria entre Ministério Público e Prefeitura finalizaram mais um ano onde se desenvolveu o projeto e assim todos os integrantes, alunos, professores, estão de parabéns pelo trabalho realizado em Arari.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *