No Maranhão Cruz Vermelha recebe doações para desabrigados pelas chuvas

A Cruz Vermelha está recebendo doações para as famílias desabrigadas pelas chuvas em todo o Maranhão. Ao todo, segundo a Defesa Civil, 422 famílias estão desabrigadas, 1106 estão desalojadas e 18 cidades já decretaram situação de emergência (Veja lista no final da matéria).

Segundo a Cruz Vermelha, as famílias desabrigadas sofrem com falta de água potável, colchões, roupas, alimentos não-perecíveis e itens básicos de higiene. É possível contribuir levando doações à sede da Cruz Vermelha Brasileira na Avenida Getúlio Vargas, 47, Monte Castelo, São Luís. Para tirar dúvidas, também é possível ligar nos números 3249-9712, 99136-7276 e 98145-3700.

Cruz Vermelha está recebendo doações na sede do localizada no Monte Castelo, em São Luís — Foto: Divulgação/Cruz Vermelha

Cruz Vermelha está recebendo doações na sede do localizada no Monte Castelo, em São Luís — Foto: Divulgação/Cruz Vermelha

Cheia do rio Turiaçu provoca inundações na cidade de Santa Helena — Foto: Reprodução/TV Mirante

Cheia do rio Turiaçu provoca inundações na cidade de Santa Helena — Foto: Reprodução/TV Mirante

Em Santa Helena, a 115 km de São Luís, parte da população está se locomovendo de barco por conta do nível do Rio Turiaçu que continua subindo e provocando estragos. No local, mais de 1.700 famílias estão desabrigadas ou desalojadas, segundo a Defesa Civil.

Todas as escolas do município estão servindo de abrigos e já estão cheias. Nos abrigos, as pessoas estão vivendo de maneira improvisada há mais de duas semanas em salas de aula.

Escolas em Santa Helena estão servindo de abrigos e já estão cheias de desabrigados após aumento de chuvas na região — Foto: Reprodução/TV Mirante

Escolas em Santa Helena estão servindo de abrigos e já estão cheias de desabrigados após aumento de chuvas na região — Foto: Reprodução/TV Mirante

Em Boa Vista do Gurupi, a 236 km da capital, cerca de duas mil pessoas tiveram que deixar as suas casas e agora estão alojadas em residências de parentes ou abrigos por conta da cheia do rio Gurupi, que já subiu mais de 10 metros. Em alguns bairros, o aumento da água da chuva obrigou os moradores a deixar as suas casas porque elas estão cobertas pela água.

Vista aérea da cidade de Boa Vista do Gurupi após as fortes chuvas na semana passada — Foto: Ascom/Prefeitura de Boa Vista do Gurupi

Vista aérea da cidade de Boa Vista do Gurupi após as fortes chuvas na semana passada — Foto: Ascom/Prefeitura de Boa Vista do Gurupi

A cidade de Caxias, a 360 km de São Luís, está em estado de alerta por causa do aumento do nível do rio Itapecuru. Segundo a Defesa Civil, o rio está acima da média. O mesmo problema atinge a cidade de Codó, que está em alerta para os riscos de enchentes porque o rio já atingiu o nível de inundação.

 Defesa Civil diz que nível do Rio Itapecuru já ultrapassou os 7 metros após início das chuvas em Codó — Foto: Reprodução/TV Mirante

Defesa Civil diz que nível do Rio Itapecuru já ultrapassou os 7 metros após início das chuvas em Codó — Foto: Reprodução/TV Mirante

Em Pindaré-Mirim, a 255 km de São Luís, a cheia do rio Pindaré tem causado transtornos aos moradores. Durante o final de semana, o nível do rio subiu e o Corpo de Bombeiros de Santa Inês e a Defesa Civil de Pindaré-Mirim visitaram as casas atingidas e realizaram um levantamento. No total são 1.013 pessoas desabrigadas e 96 desalojadas.

Desabrigados estão sendo levados para uma escola municipal ou para as casas de parentes em Pindaré-Mirim — Foto: Reprodução/ TV Mirante

Desabrigados estão sendo levados para uma escola municipal ou para as casas de parentes em Pindaré-Mirim — Foto: Reprodução/ TV Mirante

Já a Prefeitura de Imperatriz decretou situação de calamidade pública na última sexta-feira (5) e mais de 800 famílias estão desabrigadas em diversos bairros. Confira abaixo a lista de cidades que já decretaram situação de emergência no MA.

  • Santo Amaro
  • Santa Helena
  • Boa Vista do Gurupi
  • Itaipava do Grajaú
  • Formosa da Serra Negra
  • Barão de Grajaú
  • Nina Rodrigues
  • Sítio Novo
  • Icatu
  • Alto Alegre do Pindaré
  • Paço do Lumiar
  • Araioses
  • São José de Ribamar
  • Timon
  • Conceição do Lago Açu
  • Imperatriz
  • Pindaré
  • Pinheiro

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *