Mulher é presa tentando transportar maconha de Goiânia para São Luís

Por G1 MA, São Luis, MA

Mulher foi presa na cidade de Imperatriz (Foto: Divulgação/PRF)

Mulher foi presa na cidade de Imperatriz (Foto: Divulgação/PRF)

Uma mulher de 25 anos de idade foi presa na noite dessa sexta-feira na BR 010 transportando nove quilos de maconha. A prisão foi feita pela Polícia Rodoviária Federal, na cidade de Imperatriz-MA, a 629 km de São Luís-MA.

De acordo com a PRF, a mulher estava em viagem em um ônibus interestadual que fazia linha de Goiânia-GO para São Luís-MA. Aparentando nervosismo, a jovem foi teve sua bagagem verificadas por agentes que encontraram aproximadamente 9kg de substância análoga a maconha, além de 50 gramas de pasta base.

Segundo PRF, mulher receberia R$ 1.500,00 pelo transporte da droga (Foto: PRF / Divulgação)

Segundo PRF, mulher receberia R$ 1.500,00 pelo transporte da droga (Foto: PRF / Divulgação)

A PRf informou ainda que a acusada disse que foi contratada para realizar o transporte da droga de Goiânia para São Luís, onde seria entregue para um taxista. Contou ainda que chegou em Goiânia no dia 17 e ficou em uma pousada até o dia 19, quando recebeu de um homem não identificado o bilhete de passagem e a droga. O acerto, segundo ela, teria sido feito por meio do Whatsapp e iria receber R$ 1.500,00 pelo transporte da droga.

A jovem não teve seu nome divulgado pela PRF, mas seria natural de Caxias-MA. A acusada foi conduzida para a Delegacia da Polícia Federal, em Imperatriz, por se tratar de tráfico interestadual. A mulher de 25 já respondia um processo como usuária de drogas por qual foi condenada a prestar serviços comunitários.

Share Button

Ministério do Trabalho aguarda sinal verde de Temer para alterar portaria

Escravizados

Ministério do Trabalho aguarda o sinal verde do presidente Michel Temer para anunciar as mudanças sugeridas pela procuradora-geral da República, Raquel Dodge, na portaria que alterou a definição do que pode ser enquadrado como trabalho escravo.

As mudanças só devem ser feitas quando o titular da pasta, o deputado Ronaldo Nogueira (PTB-RS), reassumir o comando do Ministério do Trabalho, o que só deve ocorrer na próxima quinta-feira (26). Ou seja, depois da votação da segunda denúncia contra Temer pela Câmara dos Deputados.

Isso porque Ronaldo Nogueira foi exonerado com outros ministros que são deputados federais a fim de reforçar o bloco aliado do presidente na votação da segunda denúncia contra ele apresentada pela Procuradoria Geral da República.

Nesta semana, depois das críticas recebidas com a publicação da portaria, Nogueira recebeu sugestões de Dodge. Parte dessas sugestões será incorporada pelo governo. Nogueira também decidiu incluir propostas do corpo técnico do ministério.

Mantido o calendário de aguardar o retorno de Nogueira ao comando da pasta, Temer ganhará tempo junto à bancada ruralista, que representa sua principal base de apoio na votação da segunda denúncia.

 

Foto: Sérgio Carvalho/Arquivo pessoal

Share Button

Prefeito Djalma Melo busca especialidades na saúde para Arari junto ao governo do Estado

Como desdobramento da audiência com o governador Flávio Dino semana passada, o prefeito Djalma Melo foi recebido hoje (19) pelo secretário de Saúde Carlos Lula. Na ocasião estava em companhia do vice-prefeito Álvaro Jardim, seu irmão Márcio Jardim, a secretária de Saúde Mary Prazeres, o secretário de Produção e Abastecimento José Luis Ribeiro e a assessora do SUS Georgina Martins. Na pauta um projeto de descentralização de especialidades a ser implantado em Arari para atender toda a região.

O Governo do Estado irá enviar uma equipe para verificar as instalações e fazer os orçamentos necessários para a implantação. Isso vem fortalecer a saúde do município de Arari.

Share Button