Vitorienses apóia decisão da prefeita Didima Coelho de repudiar chantagem de vereadores

O Instituto de Pesquisas Atitude, renomado e reconhecido nacionalmente, tendo como clientes no Maranhão a Vale, Grupo Mateus, Fecomércio, Google e outros, realizou pesquisa, no período de 2 a 7 de agosto de 2019, na cidade de Vitória do Mearim, onde aferiu o impacto junto à  população em relação às prisões dos sete vereadores acusados de chantagear a prefeita do município, Dídima Coelho, em troca de apoio na Câmara Municipal.

Segundo o blog de Manoel Santos a pesquisa de opinião revela que a operação da Polícia Civil, em parceria com o Ministério Público, que resultou nas prisões, tem um enorme apoio popular, assim como a destacada atuação da gestão municipal no combate à corrupção e inibição da subtração de recursos do erário público. De acordo com a pesquisa, 92% da população apóiam a atitude tomada pela prefeita contra os corruptos.

TJ mantém afastados vereadores presos por extorsão em Vitória do Mearim

O Tribunal de Justiça do Estado decidiu manter afastados os sete vereadores de Vitória do Mearim acusados de extorsão. Oziel Gomes, George Maciel, Hélio Rodrigues, Marcelo da Colônia, Benoa Rodrigues, Nego Mauro e José Mourão seguirão fora do mandato, por decisão unânime da Segunda Turma Criminal, de acordo com parecer da Procuradoria-Geral de Justiça (PGJ).

Os vereadores foram presos em junho, durante operação do Ministério Público do Maranhão, por meio do Grupo de Atuação Especial de Combate às Organizações Criminosas (Gaeco), e da Polícia Civil, por meio da Superintendência Estadual de Prevenção e Combate à Corrupção (Seccor).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *